Contra aumento de impostos, clubes decidem fazer greve por unanimidade

"Governo decidiu taxar 75% dos rendimentos mais elevados no país, inclusive jogadores de futebol. Não haverá rodada entre 29 de novembro e 2 de dezembro".

Por unanimidade, os clubes franceses decidiram nesta quinta-feira entrar em greve contra o aumento de forma substancial dos impostos por parte do governo. Times da Primeira e Segunda Divisão irão avançar com a paralisação entre os dias 29 de novembro e 2 de dezembro.
 O protesto é uma oposição ao projeto de o governo taxar 75% dos rendimentos mais elevados no país, inclusive de jogadores de futebol. Durante o período da greve, os clubes pretendem se organizar e marcar reuniões com os torcedores para explicar a situação.
- Estamos perante um movimento histórico, unânime, com total determinação para salvar o futebol - disse Jean-Pierre Louvel, presidente da União dos Clubes Profissionais Franceses.
 Tudo começou na última sexta, quando deputados votaram a favor da nova taxação para valores acima de um milhão de euros. Segundo cálculos da Liga Profissional de Futebol (LPF), os clubes da elite terão de pagar cerca de € 44 milhões.

Related

Notícias 2483558725732865220

Postar um comentário

TV Web TriLivre

Bem Vindo Ouvinte!

Seja bem vindo a Rádio Tribuna Livre, um portal de entretenimento garantido onde você vai poder ouvir as melhores músicas, ficar por dentro das notícias e interagir com a galera mais antenada da rede. Faça seus pedidos, participe das promoções e deixe seu dia muito mais animado com esse som!

Receba As Notícias por E-Mail

Qual seu Estilo?

Tempo em Juquiá

Tempo Juquia
item