Vasco chega a 80% de risco de queda, e Coxa também se complica

"Coritiba viu seu percentual subir de 13% para 50%. Ponte Preta já tem 99% de possibilidade de estar na Série B em 2014 e Flu respira: risco caiu de 32% para 17%".

A 35ª rodada do Brasileiro embolou ainda mais os dois grupos que brigam por objetivos distintos nas duas pontas da tabela. Sob risco de rebaixamento, Fluminense, Bahia e Portuguesa conseguiram vencer e respirar, mas seguem ameaçados. Os tricolores do Rio, por exemplo, reduziram praticamente a metade do seu risco de queda, que na última rodada era de 32% e agora é de 17%. O Bahia, por sua vez, teve sua probabilidade reduzida de 46% para 31%, enquanto a Portuguesa já enxerga a luz no fim do campeonato, com o risco de rebaixamento atual em 6%.  O confronto de desesperados da rodada ficou por conta da vitória do Criciúma, que reduziu seu risco de 33% para 15%, sobre o Coritiba, que aumentou sua possibilidade de queda de 13% para 50% com o revés. Os números são do matemático Oswald de Souza.

Quem também agravou, e muito, as respectivas situações nesta rodada foram Vasco e Ponte Preta, que já tem 99% de possibilidade de estar na Série B do Brasileiro em 2014. O risco para os vascaínos, que era de 67% após a 34ª rodada, agora chegou a 80%. Na rodada deste fim de semana, o Vasco empatou com o Corinthians, no Pacaembu, e a Ponte ficou no 2 a 2 com o Cruzeiro, que já garantiu o título deste ano.
Nas três rodadas finais, Vasco, Coritiba e Criciúma não pegam mais adversários diretos na briga contra o rebaixamento - os vascaínos enfrentam o Náutico, que não tem mais chances de escapar da degola. O Fluminense, na última rodada, enfrentará o Bahia, que ainda terá um confronto direto com a Portuguesa. A Lusa também jogará contra a Ponte Preta. Flamengo e Internacional ainda têm um pequeno risco de queda, com 1% para cada.
Vagas para a Libertadores

Na outra ponta da tabela, com o título já confirmado do Cruzeiro, a briga é pelas quatro primeiras posições que dão direito a vagas na Libertadores de 2014. O time mineiro é o único garantido na competição, mas o Grêmio, com a vitória sobre o Flamengo neste domingo, elevou sua chance de figurar entre os classificados de 87% para 92%.

Com a goleada sobre o Atlético-PR no Maracanã, o Botafogo também aumentou suas possibilidades - de 41% para 50% - enquanto os paranaenses viram suas chances reduzidas de 91% para 75%. O Goiás conseguiu se aproximar do sonho da classificação, elevando sua chance de Libertadores de 69% para 77% com a vitória sobre o Internacional.

De acordo com o matemático Oswald de Souza, só está completamente livre do risco de rebaixamento o time que alcançar 48 pontos. Para quem tiver 47, o risco é de 1%; com 46 pontos o risco é de 4%; com 45 essa possibilidade sobe para 26% e chega a 62% para quem somar 44 pontos. Com 43 pontos no fim do campeonato, o risco de queda é de 83%. Para chegar à Libertadores, a conta é outra: quem somar 59 pontos terá 7% de chance de classificação, percentual que sobe para 25% com 60 pontos, 50% com 61 pontos, 82% com 62 pontos e 94% com 63 pontos somados no fim da 38ª rodada. Quem tiver 64 pontos terá 99% de chance de estar na competição internacional na próxima temporada. 

Fonte: Globo Esporte

Related

Notícias 4378911149965426308

Postar um comentário

TV Web TriLivre

Bem Vindo Ouvinte!

Seja bem vindo a Rádio Tribuna Livre, um portal de entretenimento garantido onde você vai poder ouvir as melhores músicas, ficar por dentro das notícias e interagir com a galera mais antenada da rede. Faça seus pedidos, participe das promoções e deixe seu dia muito mais animado com esse som!

Receba As Notícias por E-Mail

Qual seu Estilo?

Tempo em Juquiá

Tempo Juquia
item