Em clima de revanche, Brasil busca ouro em final dos sonhos contra Alemanha

 
Pouco mais de dois anos depois da vexatória goleada de 7 a 1 sofrida para a Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo de 2014, a Seleção Brasileira reencontra a Alemanha em uma decisão dos sonhos. Em jogo, neste sábado, às 17h30 (de Brasília), no Maracanã, a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.Prata em 1984, 1988 e 2012, a Seleção Brasileira terá que superar a Alemanha e o clima de revanche para enfim ganhar o tão sonhado troféu. O time está embalado pela goleada de 6 a 0 aplicada em Honduras nas semifinais, enquanto que os alemães bateram a Nigéria por 2 a 0. A Alemanha também nunca conquistou o ouro.


Rogério Micale, técnico da Seleção Brasileira, acredita que será uma partida decidida nos detalhes. "A Alemanha tem um estilo de jogo que todos nós conhecemos. Uma escola de grande toque de bola, um futebol de força e velocidade e quase sempre envolvente. O Brasil também tem as suas virtudes, um bom toque de bola e muita habilidade. Acredito que o jogo deste sábado seja muito equilibrado, com o ouro sendo definido nos detalhes", explicou.

Sobre o clima de revanche, tão falado pelos torcedores, os jogadores brasileiros preferem sair pela tangente. "Não estamos pensando no que aconteceu, pois são momentos completamente diferentes e cada jogo tem uma história. A Alemanha mais uma vez chega forte, com o melhor ataque da competição. Temos o melhor sistema defensivo. Isso é importante para mostrar o equilíbrio da competição e dessa final", explicou Marquinhos.

Já os alemães, dirigidos pelo técnico Horst Hrubesch, não parecem tão incomodados com o tema 7 a 1. Pela primeira vez na história uma seleção pode ganhar a Copa do Mundo e, em seguida, o ouro olímpico. O zagueiro Matthias Ginter é o único jogador que pertence aos dois grupos e acredita em um novo sucesso.

"Tenho ótimas lembranças do Brasil, pois a Copa do Mundo foi uma experiência fantástica para todos nós. O Maracanã, por conta da final, também traz lembranças boas, assim como o jogo contra a Seleção Brasileira. Sei que são times diferentes, mas espero que a gente possa sair com a vitória mais uma vez. Estamos preparados para uma grande batalha, que vale ouro", disse Ginter, que era reserva da Alemanha na Copa do Mundo.

As duas seleções não apresentam problemas em suas escalações e deverão manter a base das semifinais. Mas as formações só serão anunciadas minutos antes do confronto.

Caso a partida deste sábado termine empatada no tempo regulamentar acontecerá uma prorrogação de trinta minutos. Persistindo a igualdade, o vitorioso sairá nas cobranças de pênaltis.

FICHA TÉCNICA 
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ) 
Data: 20 de agosto de 2016 (Sábado) 
Horário: 17h30(de Brasília) 
Árbitro: não divulgado pela organização

BRASIL: Weverton, Zeca, Marquinhos, Rodrigo Caio e Douglas Santos; Walace, Renato Augusto, Luan e Gabriel Jesus; Neymar e Gabriel 
Técnico: Rogério Micale

ALEMANHA: Timo Horn, Lukas Klostermann, Matthias Ginter e Niklas Suele; Sven Bender, Jeremy Toljan, Maximilian Meyer, Julian Brandt, Serge Gnabry e Lars Bender; Davie Selke 
Técnico: Horst Hrubesch 

Fonte:Terra

Related

Notícias 2984068805869091954

Postar um comentário

TV Web TriLivre

Bem Vindo Ouvinte!

Seja bem vindo a Rádio Tribuna Livre, um portal de entretenimento garantido onde você vai poder ouvir as melhores músicas, ficar por dentro das notícias e interagir com a galera mais antenada da rede. Faça seus pedidos, participe das promoções e deixe seu dia muito mais animado com esse som!

Receba As Notícias por E-Mail

Qual seu Estilo?

Tempo em Juquiá

Tempo Juquia
item