Dólar opera em alta e chega a R$ 3,49; BC intervém

Foto:Reprodução
O dólar opera em alta, chegando a encostar em R$ 3,50 nesta sexta-feira (11), com a continuidade do nervosismo com o governo do presidente eleito nos Estados Unidos, Donald Trump, levando investidores estrangeiros a desmontarem posições em países emergentes, como o Brasil, segundo a agência Reuters.

Às 10h59, a moeda norte-americana subia 1,37%, vendida a R$ 3,4075. Veja a cotação do dólar hoje.
A moeda chegou a bater R$ 3,4976 na máxima do dia, com alta acima de 4%, segundo a Reuters. A última vez que a moeda fechou acima de R$ 3,49 foi em 3 de junho, a R$ 3,5243.
Acompanhe a cotação do longo do dia:
Às 9h09, alta de 2,56%, a R$ 3,4476
Às 9h19, alta de 3,38%, a R$ 3,475
Às 9h29, alta de 3,6%, a R$ 3,4826
Às 9h39, alta de 3,37%, a R$ 3,4747
Às 9h59, alta de 2,58%, a R$ 3,4484
Às 10h39, alta de 2,36%, a R$ 3,441
Às 10h49, alta de 1,59%, a R$ 3,415

A vitória de Trump na corrida à Casa Branca tem deixado os mercados financeiros globais temerosos, diante de suas posições mais radicais e imprevisibilidade. A preocupação é de que sua política econômica seja inflacionária e, assim, obrigaria o Federal Reserve, banco central norte-americano, a elevar os juros na maior economia do mundo, com potencial para atrair recursos aplicados em outros mercados, como o brasileiro, motivando, assim, uma tendência de alta do dólar em relação a moedas como o real.
Por isso, o dólar tinha novamente um dia de altas expressivas sobre outras moedas, como o peso mexicano.
Trump fez um discurso na quarta-feira considerado conciliador após sua vitória, diferentemente do estilo agressivo adotado em toda a sua campanha, o que reduziu um pouco o temor nos mercados financeiros.
Apesar disso, os investidores devem permanecer estressados até ter conhecimento do que de fato o presidente eleito vai conseguir colocar em prática das propostas radicais que anunciou em sua campanha, destaca a Reuters.
Intervenção do BC
Diante desse cenário, o mercado acabou dando de ombros para o anúncio do Banco Central de que fará leilão de até 15 mil contratos de swap tradicional, equivalente à venda futura de dólares, depois de sete meses.
Com a forte turbulência no mercado cambial no Brasil, o BC voltou a anunciar que fará leilões de swaps tradicionais, depois de passar meses apenas oferecendo swaps reversos, que equivalem à compra futura de dólares. Ambas as modalidades têm o objetivo de evitar oscilações bruscas da moeda, como fortes altas e baixas.
Serão 15 mil contratos tradicionais com vencimento em 1º de fevereiro de 2017 e 1º de março de 2018, para rolar os swaps que vencem em 1º de dezembro, o equivalente a US$ 6,490 bilhões. Segundo o BC, caso a rolagem seja integral, o estoque de swaps tradicionais será mantido em US$ 24,106 bilhões.
"Não seria de estranhar se o BC fizer alguma atuação surpresa nessa manhã para ajustar esse exagero (da alta do dólar)", avaliou o operador da Advanced Corretora, Alessandro Faganello, à Reuters.
A tensão entre os operadores era grande neste pregão, com alguns achando que o dólar poderia até mesmo ir a R$ 3,60 no curto prazo.
"Se o lote integral (de swaps tradicionais) for vendido e a moeda continuar nos atuais níveis, acho que o dólar pode ir a R$ 3,60 já na segunda-feira", comentou o operador da mesa de renda fixa e derivativos da corretora Mirae, Olavo Souza.

Na véspera, a moeda norte-americana avançou 4,73%, vendida a R$ 3,3614. Segundo a Reuters, foi a maior alta diária de fechamento desde 22 de outubro de 2008, quando subiu quase 6%. Tratou-se também do maior patamar de fechamento desde 7 de julho, quando o dólar encerrou a sessão vendido a R$ 3,3659.
Fonte:G1

Related

Notícias 7950492208122231882

Postar um comentário

TV Web TriLivre

Bem Vindo Ouvinte!

Seja bem vindo a Rádio Tribuna Livre, um portal de entretenimento garantido onde você vai poder ouvir as melhores músicas, ficar por dentro das notícias e interagir com a galera mais antenada da rede. Faça seus pedidos, participe das promoções e deixe seu dia muito mais animado com esse som!

Receba As Notícias por E-Mail

Qual seu Estilo?

Tempo em Juquiá

Tempo Juquia
item