Messi é o melhor cobrador de falta do mundo? Em 2017, com certeza

Foto:Reprodução
“Hoje em dia ninguém bate faltas como Zico, Rivellino, Marcelinho Carioca, Roberto Carlos, Juninho Pernambucano, Rogério Ceni...”.  Frases como essa são, invariavelmente, tema de acaloradas discussões em botecos de boleiros pelo Brasil. De fato, o número de especialistas na arte de superar barreira e goleiro parece ter rareado não só por aqui, mas em todo o mundo. Lionel Messi, porém, mais uma vez, parece disposto a surpreender a todos.

Nesta quarta-feira, o craque do Barcelona marcou seu terceiro gol de falta em três partidas em 2017. Todos com extrema categoria. Ainda é cedo para colocar o argentino como o melhor batedor do planeta? Talvez. Mas, nos últimos anos, seus rendimento tem sido impressionante.

Diante do Athletic Bilbao, o gol de Messi – no canto do goleiro, batendo na trave antes de entrar –, não só foi belo como fundamental e histórico. Decretou a vitória por 3 a 1 e a classificação do Barcelona às quartas de final da Copa do Rei e ainda o colocou como recordista de gols de falta do clube catalão, com 26, ao lado do ex-zagueiro holandês Ronald Koeman – mundialmente celebrado por seu chute potente.  Nem mesmo Rivaldo ou Ronaldinho Gaúcho, outros especialistas, marcaram tantas vezes vestindo azul e grená quanto o argentino.
No último domingo, Messi fez um gol ainda mais espetacular e salvou o Barcelona da derrota para o Villarreal. Novamente enganou o goleiro, que pensava que a cobrança seria por cima da barreira, e acertou o ângulo. Uma imagem feita por torcedores mostra que Messi havia treinado uma cobrança quase idêntica no aquecimento. Na semana anterior, ele já havia marcado outro gol de tiro livre diante do Athletic Bilbao, no jogo de ida.

Messi tem, então, 32 gols de falta na carreira (26 pelo Barcelona e seis pela seleção argentina). Seu eterno rival Cristiano Ronaldo, que é dois anos mais velho, tem 48 (29 pelo Real Madrid, 14 pelo Manchester United e cinco por Portugal) – dados atualizados do blog de Michel Acosta, que se dedica a comparar as estatísticas dos melhores jogadores do mundo. Talvez seja justamente a concorrência com o português – que nesta semana se aproximou de Messi em prêmios de melhor do mundo (5 x 4) – que tenha feito Messi se aprimorar ainda mais nos tiros livres.

O amigo Neymar também pode ter ajudado nisso. Ao longo dos últimos dois anos, o brasileiro também se mostrou um ótimo batedor – fato comprovado com o gol na final das Olimpíadas, diante da Alemanha, no Maracanã. Depois de marcar alguns de falta pelo Barcelona, o brasileiro passou a “incomodar” Messi, que teve que mostrar serviço para se garantir como cobrador oficial incontestável.

David Beckham se aposentou há alguns anos. Ronaldinho Gaúcho e o italiano Andrea Pirlo também estão bem perto de pendurar as chuteiras. Quem, na atualidade, bate na bola com mais precisão que o argentino? O turco Hakan Çalhanoğlu, do Bayer Leverkusen, e o bósnio Miralem Pjanic, da Juventus, aparecem como alguns dos especialistas na função. Neymar, Cristiano Ronaldo, James Rodríguez e Gareth Bale também têm números de respeito. O ano de 2017, porém, pode consolidar Messi como o grande mestre das bolas paradas. 
Fonte:Veja 

Related

Notícias 1588899106450044792

Postar um comentário

TV Web TriLivre

Bem Vindo Ouvinte!

Seja bem vindo a Rádio Tribuna Livre, um portal de entretenimento garantido onde você vai poder ouvir as melhores músicas, ficar por dentro das notícias e interagir com a galera mais antenada da rede. Faça seus pedidos, participe das promoções e deixe seu dia muito mais animado com esse som!

Receba As Notícias por E-Mail

Qual seu Estilo?

Tempo em Juquiá

Tempo Juquia
item