Surpreso com Mercedes veloz, Hamilton ainda espera por Ferrari melhor

Foto:Reprodução
Numa temporada que promete mais velocidade e emoção na busca pelo título, Lewis Hamilton não escondeu a felicidade e até certa surpresa com o ótimo desempenho da Mercedes em Melbourne. 

Durante a sessão de treinos livres desta sexta-feira que precederam a luta pela pole position no GP da Austrália, neste domingo, o tricampeão mundial, muito veloz, dominou as duas sessões de treinos livres e deixou o time alemão no topo, com a marca de 1m23s620. Bateu, inclusive, a própria pole obtida em 2016 no Circuito de Albert Park (1m23s837). Em segundo, a pouco menos de 0s5, chegou Sebastian Vettel com sua Ferrari (1m24s167). O britânico sabe que essa deverá ser a pedra no sapato na sua busca pelo tetra. Tanto que o otimismo pelo bom desempenho apareceu acompanhado de certa cautela.

- É incrível isso, surpreendente. Eu não sabia como seria, me senti bem. A Ferrari é, obviamente, muito forte e rápida, eles podem ainda não ter conseguido a força esperada no carro, vamos ver amanhã. Mas parece que somos tão fortes, se não um pouco mais fortes do que eles - afirmou Hamilton ao site da BBC.

O fato é que a Ferrari aparece na cola não só de Hamilton. O britânico chegou na frente de Vettel, i seguido pela outra Mercedes, de Valtteri Bottas (1m24s176), à frente da outra Ferrari, de Kimi Raikkonen (1m24s525). Depois, apareceram as duas RBR, com Daniel Ricciardo, em quinto (1m24s650), e Max Verstappen, em sexto (1m25s013).

Mas Hamilton parece empolgado com o desempenho da Mercedes - ainda mais se comparados com os testes de inverno em Barcelona - e focado para manter o favoritismo nos treinos oficiais que vão definir o gri de largada para a prova deste domingo, a primeira da temporada.

- É uma sensação maravilhosa sentir o carro tão forte vindo para esta nova era da Fórmula 1. Pretendo manter esse ritmo. Os testes não tinham sido espetaculares, então entrar hoje assim foi alívio. Consegui ter o carro ajustado exatamente onde eu precisava ter.

Perguntado se a diferença entre ele e Hamilton era representativa, Vettel disse: "Espero que não. Em geral, tudo bem. O carro ainda não se sente tão bem como deveria e pode assim que estou confiante de que vamos encontrar algo durante a noite.

Vettel esperançoso
Na cola de Hamilton, Sebastian Vettel, perguntado se a diferença entre ele e o tricampeão de 0,547 segundos era considerável, adotou o discurso de cautela.

- Espero que não. O carro ainda não está como deveria, mas estou confiante de que vamos encontrar a solução durante a noite. Ficamos muito felizes com os testes, e os tempos parecem bons, mas isso ainda não significa nada. O equilíbrio do carro ainda não está onde eu quero que esteja. Não é ruim, mas acredito que podemos fazer melhor. A equipe está indo bem, mas há muitas coisas que podemos melhorar.
Fonte:G1

Related

Notícias 612792808863502330

Postar um comentário

TV Web TriLivre

Bem Vindo Ouvinte!

Seja bem vindo a Rádio Tribuna Livre, um portal de entretenimento garantido onde você vai poder ouvir as melhores músicas, ficar por dentro das notícias e interagir com a galera mais antenada da rede. Faça seus pedidos, participe das promoções e deixe seu dia muito mais animado com esse som!

Receba As Notícias por E-Mail

Qual seu Estilo?

Tempo em Juquiá

Tempo Juquia
item