Março Lilás alerta para conscientização e combate ao câncer de colo uterino.


 “A campanha Março Lilás nasce com o objetivo de conscientizar a população sobre a atenção e combate ao câncer de colo uterino. Estar consciente é o primeiro passo para a manutenção da sua saúde”.

O mês de março, além de trazer o Dia Internacional da Mulher, traz também a campanha do Março Lilás que visa à prevenção e o combate ao Câncer de Colo do Útero.

Mais comum entre mulheres de 45 e 49 anos, é uma das maiores causas de morte por câncer entre as mulheres no mundo, de acordo a Sociedade Brasileira de Cancerologia (SBC).

Não se sabe ao certo quando começou o Março Lilás, mas a escolha do mês da mulher para a realização da campanha é o momento ideal para alertar e orientar. Já a escolha da cor lilás é atribuída ao movimento que ocorreu na Inglaterra, em 1908, no qual as mulheres lutaram pelo direito ao voto, conhecido como Movimento Sufragista. Elas utilizaram as cores lilás, branco e verde como símbolos da campanha.

A causa de Câncer de Colo do Útero está associada à infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV), uma doença sexualmente transmissível. Mas apesar do nome difícil, o papiloma vírus humano é um vírus bastante comum. Estima-se que praticamente todas as mulheres possam ser contaminadas em algum momento de sua vida, no entanto a presença do vírus não indica que a mulher desenvolverá o câncer, pois com o tratamento correto indicado pelo médico ginecologista é possível eliminar o HPV. E, ainda que isso venha a acontecer, as chances de cura são próximas de 100% quando o tumor é detectado precocemente.

Outros fatores também podem favorecer o aparecimento desta doença, tais como:

– Início da vida sexual muito precoce;

– Relações sexuais sem preservativo e com múltiplos parceiros;

– Histórico de DSTs;

– Má higiene pessoal;

– Ter passado por várias gestações;

– Tabagismo e o consumo elevado de bebidas alcoólicas.

Ele afeta em sua maioria mulheres entre 40 e 60 anos de idade e, ao contrário do que se acredita, a endometriose e a genética não possuem relação com o surgimento desse tipo de câncer.

A prevenção do Câncer de Colo do Útero inclui o acompanhamento ginecológico de rotina, principalmente após o início da atividade sexual.

Aliás, desde 2014, o Ministério da Saúde disponibiliza a vacina contra o HPV no Sistema Único de Saúde (SUS). Ela é indicada para meninas com idade entre 9 e 14 anos e meninos também, entre 11 a 14 anos, de preferência antes de iniciarem sua vida sexual.

Mas é importante lembrar que a imunização sozinha não é capaz de impedir o surgimento da doença. Ela deve ser associada a outras medidas para aumentar a proteção.

Um exame preventivo muito importante é o de Papanicolau. Ele é altamente eficiente e se realizado com a regularidade indicada pelo médico, eleva a chance de cura nos casos de diagnóstico positivo.

Outra forma de prevenção do Câncer de Colo do Útero bastante conhecida é o uso de preservativo. Não deixe de usá-lo em todas as relações sexuais. Simples atitudes como estas são fundamentais para a sua saúde!

Related

Saúde 4368543786354737538

Postar um comentário

TV Web TriLivre

Bem Vindo Ouvinte!

Seja bem vindo a Rádio Tribuna Livre, um portal de entretenimento garantido onde você vai poder ouvir as melhores músicas, ficar por dentro das notícias e interagir com a galera mais antenada da rede. Faça seus pedidos, participe das promoções e deixe seu dia muito mais animado com esse som!

Tempo em Juquiá

Tempo Juquia
item